Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Avaliação Individual da Acção - Multideficiência no Contexto Educativo

Caros colegas,
 
Li e estudei os 7 módulos, da acção Multideficiência no Contexto Educativo, remetidos com imensos pontos de interesse relevante (factores inerentes à criança, competências motoras, perceptivas, sensoriais e linguísticas).
 
Nos estímulos gostei das estratégias concebidas para ajudar a aprendizagem no dia a dia, tais como: trabalhar a independência no uso da casa de banho e só pedir ajuda quando não se conseguir ser autónomo, ou usar texturas secas, húmidas e molhadas, aproveitar as rotinas diárias como momento de aprendizagem, motivar para a aprendizagem com recurso a prémios, brinquedos preferidos, comer bem como outras sugestões.
 
Actualmente verifica-se que mais de metade dos casos de epilepsia iniciam as crises na idade infantil ou na adolescência. E quando se abordam nos módulos os factores stressantes que se repercutem nas crianças, sou levado a pensar que o "ouxar" por vezes excessivamente pelas capacidades dos filhos, com actividades escolares longas, mais as extra-curriculares, explicadores, e ainda actividades físicas esgotantes, tal poderá seu um factor de stress desencadeante da doença, com mais força contribuinte se a criança acumular já outra deficiência ou outro factor de stress.
 
Apreciei também os comentários concretos quanto à paralisia cerebral e às disfunções motoras daí resultantes. Pelo que li sou levado a pensar que a recuperação motora destas crianças é um projecto contra relógio, porque o tempo não pára e o seu sucesso depende de quanto mais cedo se iniciar melhor.
 
Penso que para mim foi muito útil esta formação como será para quem lide diariamente com vicissitudes cognitivas, motoras ou comportamentais de crianças.
 
Penso também que haveria toda a vantagem que estes módulos fossem, de forma sumária, oferecidos aos familiares de crianças internadas nos serviços de neanatologia hospitalar, para sensibilizar e ensinar os pais a de um modo geral saberem melhor de forma articulada a lidar com os problemas dos seus filhos com deficiência.
 
Os apoios no domínio são escassos e isto tornaria os pais membros mais valiosos da equipa de recuperação. Não é uma sessão semanal de fisioterapia num hospital que vai recuperar totalmente a criança, por mais que seja dedicado o terapeuta da fala, da terapia ocupacional ou da fisioterapia. As técnicas que referem de aprendizagem no dia a dia formaria pais mais conscientes e preparados para ajudar os seus filhos de modo permanente e mais instruído.
 
Pelos conhecimentos que foram facultados com esta formação sinto-me mais à vontade para pensar e olhar para os problemas complexos e variados da multideficiência. E a bibliografia é extremamente importante.
 
Termino com os devidos agradecimentos e parabéns pela iniciativa.
 
Lisboa, 19/11/06
 
António José Almeida Monteiro (Professor)

Avaliação Individual da Acção - Multideficiência no Contexto Educativo

Ao refletir sobre este curso, torna-se essencial salientar a importância desta área na formação de professores/educadores. Num momento em que se debate e promove a inclusão de crianças multideficiêntes no ensino regular, é fundamental que se passe das palavras às acções, que se invista na formação e nos recursos físicos e humanos nesessários nesta inclusão.

Relativamente à avaliação, considero que os módulos foram organizados de forma coerente e esclarecedora. As informações expressas em cada um foram claras, suscintas e focaram as ideias fundamentais. Achei que os exemplos práticos foram um óptimo complemento a ideias mais teóricas.

Penso que o enquadramento teórico foi, sem dúvida, um excelente ponto de partida para todo o trabalho, já que se desvaneceram algumas dúvidas relativamente à definição de multideficiência.

Para finalizar, quero referir que apesar da pouca experiência e falta de conhecimentos mais elementares que tenho nesta área, este curso será um instrumento importante na minha  formação.

 

Sofia Narciso (Professora)

Avaliação Individual da Acção - Multideficiência no Contexto Educativo

No meu ponto de vista esta acção de formação, incutiu-me mais informação sobre as necessidades educativas especiais, pois como futura educadora, veio a enriquecer o meu conhecimento.

         Esta acção não me trouxe aspectos negativos, mas sim positivos, desde como devemos “trabalhar” com estes tipos de problemas em crianças e como os podemos desenvolver em vários níveis. Posso dizer também que estava a fazer um estudo e que com esta acção de formação enriqueceu mais ainda o trabalho.

         No meu ver estava tudo bem explícito.

 

 Ana Micaelo (Estudante)

Avaliação Individual da Acção - Multideficiência no Contexto Educativo

A avaliação que faço é bastante positiva.

Os pontos apresentados nos vários
módulos foram pertinentes e úteis para a minha prática profissional, na
intervenção com os  alunos com esta problemática.

As temáticas foram abordadas de uma forma clara e síntetica.

Apreciei as sugestões práticas apresentadas, assim como as sugestões
bibliográficas.

Já fiz outras formações sobre esta temática e foi a primeira que efectuei 
via internet.

Esta formação acrescentou informação pertinente e útil
à que já tinha recebido anteriormente através de formações conduzidas de
forma mais tradicional. Aspecto que considero bastante positivo.

Foram sempre muito correctos e pontuais face ao que nos propuseram no início da formação, por isso quero deixar- voa a minha
palavra de apreço pelo trabalho inovador desenvolvido e expressar o desejo
de continuidade para o desenvolvimento deste vosso Projecto de Formação.

Fernanda Mendes (Professora)

Avaliação Individual da Acção - Multideficiência no Contexto Educativo

Considerei a acção: Multideficiência no Contexto Educativo – Comunicação Alternativa para o Aluno Multideficiente bastante interessante e útil.

Foi apresentada de uma forma que considero muito bem organizada relativamente à ordem dos conteúdos tratados com uma esquematização bastante adequada. Por outro lado senti grande facilidade na leitura e análise dos capítulos pois estavam organizados de uma forma que permitia uma leitura fluida (sem ser maçuda).

Sendo um óptimo guia e instrumento de trabalho veio enriquecer-me bastante em termos de conhecimentos e pistas de intervenção.

Contudo e como referem no texto, pena é que se verifique uma enorme falta de recursos nas escolas colocando sérias dificuldades numa intervenção adequada com crianças e jovens com NEE.

 

Vitor Furtado (Professor)

Avaliação Individual da Acção - Multideficiência no Contexto Educativo

Na minha opinião, a presente acção de formação encontrava-se bem estruturada e os conteúdos ministrados adequam-se às minhas necessidades enquanto formanda e enquanto psicóloga.
Trabalho num estabelecimento de ensino básico e secundário onde existem inúmeras problemáticas, embora presentemente não exista nenhum caso de multidificiência. No entanto, considero que o que aprendi me pode ser bastante útil e até aplicável a outros casos que acompanho.
O único aspecto negativo foi o facto da acção ser meramente expositiva isto é, não haver uma avaliação em cada módulo pois mesmo dando mais trabalho, seria uma forma de aprendermos um pouco mais com actividades que posteriormente seriam corrigidas pelos formadores.
  
Silvia Gabriela Fernandes (Psicóloga)

Avaliação Individual da Acção - Multideficiência no Contexto Educativo

Antes de mais, quero dizer que gostei imenso de participar nesta acção de
formação e agradecer a toda a equipa de trabalho pelo excelente trabalho que
fizeram.


O tema da acção: Multideficiência no contexto educativo, venho mesmo na hora certa porque como Educadora de Infância e agora a terminar a especialização em Educação Especial, sem dúvida, de que este tema é de extrema importância para mim.

Mas não é só, é importantíssimo porque o tema para o meu projecto final é
a multideficiência.


Ao participar nesta acção aprendi imenso e deram-me bastante material para a
realização do projecto, desde o 1º. módulo até ao último, ou seja, desde o
conceito de multideficiência; a comunicação na criança multideficiente; o papel do professor no desenvolvimento da comunicação, bem como, as estratégias a aplicar nas diferentes áreas de desenvolvimento.


Apesar de tudo, penso que deveria de se ter prolongado por mais tempo,
abrangendo outros ítens e, também, a uma apresentação em power point como tinham dito no início da acção.

Sem mais demoras, só queri acrescentar que foi uma óptima iniciativa e que não devem parar.

Sofia Nogueira (Educadora de Infância)

Avaliação Individual da Acção - Multideficiência no Contexto Educativo

Sou professora do 1º ciclo e este ano deparei-me com um novo desafio... trabalhar com crianças com multideficiência.


Tendo em conta a especificidade das necessidades educativas destas crianças
resolvi inscrever-me nesta acção de formação, de forma a colmatar as minhas
dúvidas e dificuldades nesta área.


Fiquei agradavelmente surpreendida com toda a informação que me forneceram, com as estratégias e actividades práticas sugeridas e ainda com as vossas recomendações bibliográficas.


Considero que esta acção de formação foi bastante enriquecedora e contribuiu
significativamente para melhorar as minhas estratégias e metodologias.


Consegui compreender melhor a multideficiência e isso permitiu-me uma maior
segurança e confiança na minha prática pedagógica.


Gostaria de agradecer por cumprirem escrupulosamente o programa da acção.

Mais uma vez, obrigado por tudo. Continuem com o bom trabalho!


Marisa Lestre e Silva (Professora)

Avaliação Individual da Acção - Multideficiência no Contexto Educativo

Como aspectos positivos, tenho a salientar o cuidado verificado na descrição dos vários tipos de multidifiências existentes na criança/ jovem, as sugestões ou metodologias de trabalho adequadas a cada caso e ainda toda a concepção da acção de formação que se revelou muito meticulosa e bem organizada.

Aspectos negativos só um, façam mais esta soube a pouco.

Muito obrigado por nos ajudarem, profissionais de educação, a colmatar certas dúvidas que surgem no nosso dia-a-dia e para as quais por vezes não temos resposta.

Joaquina Jacinto (Professora)

 

Avaliação Individual da Acção - Multideficiência no Contexto Educativo

A acção de formação "Multideficiência no contexto educativo" veio de certo dar resposta à necessidade de muitos docentes e técnicos que trabalham com crianças com multideficiência. 


Estas crianças requerem um currículo alternativo que responda de imediato às suas necessidades e constitua a base para o desenvolvimento das suas capacidades funcionais no futuro.


Pessoalmente, trabalhando com alguns alunos com multideficiência, esta acção deu-me a oportunidade de rever conceitos e reflectir, no sentido de adequar respostas e melhorara a minha prática.

 

A especificidade destes alunos requer uma identificação rigorosa das suas necessidades/capacidades e uma planificação, intervenção e reflexão constante no sentido de reformular e adequar a resposta educativa sempre que necessário.

 

Será de todo o interesse que continuem a desenvolver acções de formação deste tipo para que mais técnicos e docentes tenham acesso a formação, com vista à melhoria da resposta educativa aos alunos com NEE.
 

Anabela Lourenço (Educadora Especializada)

 

Pág. 1/2