Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Avaliação Individual da Acção - Educação Sexual

A educação sexual é não só uma obrigação mas também um imperativo da formação e educação dos jovens, não podendo ser ignorada nem minimizada a importância que tem nos dias de hoje.
O desenvolvimento de actividades no âmbito da Educação Sexual depende sobretudo da motivação individual de professores/técnicos, das iniciativas das escolas e dos organismos e profissionais de saúde, deparando-se por vezes com alguns entraves, sobretudo fruto da mentalidade conservadora de alguns: Estes geralmente vêem a Educação Sexual como um incitamento à relação sexual propriamente dita ou seja, têm uma visão redutora da sexualidade, perspectivando-a apenas como um acto e não como uma área que abrange desde o corpo em si e o seu funcionamento até às orientações sexuais e aos valores sobre a vida, o amor, o afecto...
A inclusão desta área nas temáticas escolares é muito pertinente uma vez que os estudos provam que as crianças e os jovens que compreendem a sua sexualidade estão mais aptos a lidarem com a sua vida amorosa, com os seus sentimentos e mesmo com a pressão dos seus pares.
Na minha opinião a educação sexual deve começar na infância e em casa, estendendo-se depois ao contexto pré-escolar, não esquecendo nunca que a escola não é um substituto dos pais, mas antes um lugar onde este tema deve ser tratado sob várias perspectivas, e sempre interligando os vários saberes.
 
Autoria: Sílvia Fernandes (Psicóloga)
Data: Outubro de 2007