Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Avaliação Final da Acção - A importância das actividades aquáticas para as crianças e jovens com nee

Nesta breve reflexão irei referir actividades no meio aquático como as que se podem realizar utilizando água. Descentrando-me da natação, desporto considerado dos mais completos, considero as potencialidades da exploração da água como elemento a utilizar nas actividades que planeamos para as crianças e de forma mais específica para as que apresentam necessidades educativas especiais.

Estas actividades enriquecem a criança tanto no seu funcionamento motor, como no desenvolvimento do conhecimento e do raciocínio e no estabelecer de relações sociais.

As actividades no meio aquático deverão ser apresentadas como uma actividade lúdica e prazenteira, sem imposição, com apoio de um orientador que permanece sempre junto da criança transmitindo-lhe alegria e confiança. A criança não deve ser obrigada a participar, tem que ser motivada. Há que se evitar acções bruscas que salpiquem a cara ou os olhos de água de forma desagradável e movimentos que provoquem o desequilíbrio e o medo de não estar a controlar o corpo.

A habituação deve ser natural associando a água ao prazer.

Assim e pensando em diversificar as possibilidades de exploração na água apresento actividades em diversos contextos. Todas estas deverão ser atentamente acompanhadas e vigiadas reflectindo-se sempre no seu valor a nível do desenvolvimento global da criança.

 

Em casa e na instituição

Dar banho calmamente à criança, por vezes colocar música de fundo

§          Sorrindo falar suavemente, chamar o seu nome, nomear as partes do corpo

§          Colocar espuma de banho e fazer montinhos com as mãos da criança

§          Bater palminhas com espuma nas mãos

§          Fazer bolinhas de sabão

 

Criar o cantinho da água com uma bacia grande

§           Brincar com barquinhos de plástico, copos e frascos

§           Brincar com brinquedos de esguichar

§           Dar banho às bonecas

§           Molhar os pés

 

Regar canteiros com regador e com mangueira

Na piscina

Sentar na borda da piscina

§           bater com os pés/pernas na água

§           levantar e baixar os pés

§           atirar bolas para dentro da piscina

Dentro de água

§            bufar fazendo bolinhas

§            andar dentro de água

§            dar as mãos ao outro e seguir os seus movimentos

§            de mãos dadas fazer forças contrárias

§            subir e descer um pequeno escorrega

§            deitar de costas e flutuar

§            bater palmas dentro de água com as mãos -à frente do corpo

§            abrir e fechar os braços lateralmente

§            deitar num colchão e bater com os pés

 

Na praia

§             fazer pocinhas e aperceber-se do criar e desaparecer de água nas mesmas

§             deixar aquecer um balde com água ao sol e comparar temperaturas com outro recém cheio

§             saltar sobre a onda que chega até à areia

§             andar no risco deixado pela onda

 

 

Autoria: Joana Barbosa Santos (Educadora de Infância)

Data: Janeiro de 2008