Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Avaliação Individual da Acção - X - Frágil

A Síndrome do X Frágil é uma condição de origem genética, considerada a causa mais frequente de comprometimento intelectual herdado. As pessoas com esta síndrome apresentam atraso no desenvolvimento, problemas de comportamento e, eventualmente, características físicas peculiares e características intelectuais variadas.

Características Físicas:

Face alongada; Orelhas grandes e em abano; Mandíbula proeminente; macrorquidia (testículos aumentados), principalmente no adulto.

Podem apresentar ainda, ou somente, um ou vários dos traços abaixo:

Hipotonia muscular; Comprometimento do tecido conjuntivo; Pés planos; Hiperextensibilidade das articulações; Palato alto; Prega palmar única; Estrabismo; Escoliose; Calosidade nas mãos (decorrente do hábito de morder as mãos)

A nível intelectual o comprometimento intelectual pode ser variável, podendo ir desde uma dificuldade de aprendizagem a um atraso grave. Geralmente é acompanhado de atraso na fala e na capacidade de comunicação.

Características intelectuais:


Cada indivíduo pode apresentar muita desigualdade nas suas habilidades cognitivas.
Algumas das suas características podem ser bem aproveitadas:

Excelente memória; facilidade em identificar logótipos e sinais gráficos; geralmente bom vocabulário; facilidade na cópia; habilidade para leitura; uso frases de efeito;

As dificuldades estão principalmente na abstracção e na integração das informações: seguem instruções "à letra"; podem dar importância a aspectos irrelevantes; fala fora do contexto; fala repetitiva; ecolalia;

Características Comportamentais:

Hiperactividade; impulsividade; concentração reduzida; ansiedade social; dificuldade em lidar com estímulos sensoriais; imitação; desagrado quando a rotina é alterada; comportamentos repetitivos; irritação e "explosões emocionais" ; traços de autismo como: agitar as mãos; evitar contacto táctil; evitar contacto visual

Em geral são pessoas dóceis, que cativam os que convivem com eles.

 

Autoria: Carla Pinheiro (Professora)

Data: Março de 2008