Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Avaliação da acção - PCT vs Adaptações Curriculares

A orientação do currículo, que tem por base adaptações significativas, visam as necessidades concretas de um aluno em especial.A proposta curricular deve partir da planificação curricular normal da escola, introduzindo-lhe as modificações necessárias nos elementos básicos – o quê, como e quando ensinar e avaliar – a fim de adequar às necessidades do aluno.Ao se fazerem as AC individuais, Gil & Garrido (1997), consideram que não se deve perder de vista um conjunto de critérios gerais, na sua elaboração:a. Deve começar por uma determinação precisa do nível de competência curricular do aluno, isto é, precisar aquilo que o aluno é capaz de fazer, em termos de objectivos, em relação aos diferentes conteúdos curriculares do seu nível de escolaridade;b. O processo de avaliação inicial deve considerar, com o maior grau de pormenor possível, quais as condicionantes do actual nível de aprendizagem e desenvolvimento, assinalado no ponto anterior, especificando o tipo de ajuda pedagógica mais adequada;c. A realização de adaptações, o menos significativas possível, ou seja, tentar sempre as que se aproximem dos objectivos e conteúdos normais.

 Lídia Mendes (Professora)