Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Avaliação da acção - A EDUCAÇÃO SEXUAL NA DIFERENÇA

A Educação Sexual na Diferença

A sexualidade é um componente fundamental de todo o ser humano, cuja influência se repercute em todos as fases da vida.

A pessoa portadora de deficiência mental - ser bio-psico e social, como qualquer outro ser humano, também tem a necessidade de expressar sentimentos, de levar uma vida saudável, dentro de suas possibilidades e limites reais, também vive uma sexualidade. A sexualidade das pessoas com deficiência mental não pode continuar a ser tratada de forma inadequada: infantilizando-as, passando ao lado dos comportamentos ou demonstrando reacções exageradas perante possíveis problemas, pois ao agir assim, está-se a contribuir e a favorecer para que os comportamentos e manifestações sexuais dessas pessoas se tornem muito problemáticos (exibicionismo, masturbação em público, promiscuidade…).

Existe a (maior) necessidade de se investir na Educação Sexual nesse grupo de pessoas. A importância desse investimento reside, além da rejeição social, nas possíveis complicações médicas e de saúde, incluindo as lesões físicas dos órgãos genitais e de outras partes do corpo, o risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis e a gravidez não desejada, e ainda o risco de serem vítimas de abusos.

 Uma Educação Sexual na Diferença quando bem trabalhada, quando bem conduzida, faz toda … a diferença: contribui para a pessoa portadora de deficiência mental o desenvolvimento pleno da afectividade, para a capacidade de estabelecer contactos interpessoais, fortalecendo a auto-estima, o bem-estar, a auto-confiança…

Paulo Rodrigues


 

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.