Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Centro Recursos e Formação - Associação Portuguesa de Investigação Educacional

Sempre no sentido do esclarecimento, da partilha e da formação.

Avaliação da acção - A inclusão de alunos com nee

Inclusão : do latim “inclusione”, acto ou efeito de incluir, relação entre dois termos, um dos quais faz parte ou da compreensão ou da extensão do outro.

É do conhecimento geral que as estratégias e os programas do nosso actual sistema de ensino são insuficientes e esqueceram o significado da palavra inclusão.

De acordo com a UNESCO (2003), a abordagem da educação inclusiva consiste em procurar atender as necessidades educativas de todas as crianças.

Será  que todos entendemos este conceito?

O princípio da educação inclusiva foi adoptado na Conferência Mundial de Salamanca (1994) e foi reforçado no Fórum Mundial da Educação de Dakar (2000). No entanto, muitos de nós vê a educação inclusiva como um “quebra-cabeças”, no entanto, a educação inclusiva é sim um desafio, para o qual, INFELIZMENTE, nem todos estão preparados.

Nunca devemos esquecer que educação inclusiva significa que as escolas devem acolher todas as crianças, independentemente da sua condição física, intelectual, social, emocional, linguística, entre outras. Este conceito deve incluir crianças com deficiências ou sobredotadas, crianças de rua e crianças que trabalham, crianças de populações remotas ou nómadas, de minorias linguísticas ...( Conferência Mundial sobre Necessidades Educativas Especiais).

Actualmente, em pleno século XXI, alguns esqueceram  que o fundamentada educação inclusiva é o direito humano à educação, consagrado na Declaração dos Direitos Humanos. Educação essa, que pressupõe uma inclusão do aluno ao grupo a que pertence, aos amigos que o ajudam no recreio, aos colegas que o ajudam nas aulas...sem o excluir da sala de aula.

 Neuza Teixeira